O que é a Escola de Leveza

 

Fundada pelo francês Philippe Karl, um dos principais mestres da Equitação Clássica, a Escola da Leveza, internacionalmente reconhecida como Ecole de Légèreté, baseia-se no conhecimento profundo do cavalo e tem como missão conservar e transmitir concepções clássicas com a qualidade técnica e ética baseada na tradição francesa e em constante desenvolvimento.

A Escola da Leveza e um método inovador que desenvolve a capacidade de cada um de melhorar-se cada vez mais em relação a si mesmo, tornando-se cada vez mais equilibrado, com maior expressão, mais autoestima e melhor capacidade física. Os cavaleiros e os cavalos devem tornar-se habilidosos, descontraídos, atentos e orgulhosos com o que entenderam e adquiriram.

A filosofia exclui o uso de meios coercivos e da força (como, por exemplo, qualquer tipo de rédeas auxiliares e focinheiras, assim como repetições desmoralizantes e ações grosseiras de rédeas ou espora). Por outro lado ela inclui explicitamente um interesse por todos os tipos de cavalo e disciplinas equestres.

Em 2016, o diretor técnico da Conexão Equestre, Kether Arruda, participou de uma Clínica de Formação de Instrutores da Escola da Leveza, em Genebra com o Sr. Karl e sua esposa Bea Borelle, também instrutora master da Leveza. Após experienciar essa abordagem de adestramento inovadora, Kether trouxe, em 2017, Tamina Pinent, aluna direta do Sr. Karl e instrutora licenciada da Ecole de Légèreté. Com o sucesso da primeira edição, a Conexão Equestre promove, em novembro, mais duas clínicas da Escola da Leveza. Kether está se formando na Escola da Leveza para difundir a seus alunos a prática clássica, respeitosa e funcional.

Além disso, testamos e aprovamos as técnicas da Escola da Leveza no trabalho de plano em diversas modalidades como o Salto, Enduro, Adestramento e Equitação de Trabalho. Os resultados para equitadores são mais equilíbrio, maior cooperação, mais atenção e criatividade. Consequentemente, cavalos mais disponíveis, leves em todos os sentidos, tanto em equilíbrio físico, como emocionalmente muito mais tranquilos e parceiros, entendendo o que estamos solicitando.

Introdução à Escola da Leveza

Essa clínica trás o melhor do Horsemanship e da equitação Clássica de forma muito clara e simples. Aprenderão os exercícios básicos do adestramento clássico de uma ótica que faz sentido também para os cavalos resultando em um ótimo entendimento entre os conjuntos.

Quem deve fazer a clínica:

Todos que almejam montar melhor, desenvolver o seu tato equestre, evoluir e expandir suas capacidades e habilidades, melhorar a comunicação com os cavalos. Cavaleiros e cavaleiras avançados que queiram praticar com supervisão e conhecer a metodologia da Escola da Leveza. Útil a todas as modalidades de equitação Clássica e níveis de equitação.

Próxima data a ser agendada
Nos avise do seu interesse.

Sobre a Introdução a Escola de Leveza

Conteúdo:

• Exercícios de chão com varinha (Escola da Leveza);
• Controle das espaduas e garupa;
• Retidão;
• Equilíbrio;
• Flexões;
• Uso correto das ajudas;
• Encostar-se à rampa ou banquinho para ser montado;
• Imobilidade, no auto e ao montar e apear;
• Ritmo.

Cronograma:

Dia 1.
8h às 10h – Aula teórica (auditório)
10h às 10:20 Coffee.
10:20 Demonstração prática no picadeiro 1
12:00 Almoço
13:40 Montaria 1 e 2
14:40 Montaria 3 e 4
15:40 Coffee
16h00h Montaria 5 e 6
17h Montaria 7 e 8

Dia 2.
8h Montarias 1 e 2simultaneamente.
• Exercícios de chão com varinha.
9 Montarias 3 e 4 simultaneamente.
• Exercícios de chão com varinha.
10:00 Coffee.
10:20 Montarias 5 e 6 simultaneamente.
• Exercícios de chão com varinha
11:20 Montarias 7 e 8 simultaneamente.
• Exercícios de chão com varinha
12:20 Almoço.
14h Montarias 1 e 2 simultaneamente.
• Exercícios de solo.
15:00 Montarias 3 e 4 simultaneamente.
• Exercícios de solo.
16:00 Coffe
16:20 Montarias 5 e 6 simultaneamente.
• Exercícios de solo.
17:20 Montarias 5 e 6 simultaneamente.
• Exercícios de solo.

Requisitos Necessários:
• Ter controle do seu corpo e do cavalo ao passo trote e galope.
• Para quem já cursar a Escola de Equitação na Conexão Equestre necessita ter concluído o Nível PÉGASO fase 2.Instrutor: Kether Arruda
Difusor da Escola da Leveza no Brasil, foi aluno de Philippe Karl e Bea Borelle na Suíça em 2016, Aluno de Tamina Pinent desde 2017 já tendo participado e organizado de 4 clínicas no Brasil com a Amazona.

Acomodações:
Aos inscritos que desejarem hospedagem, sugerimos:
https://conexaoequestre.com.br/parceiros/

A Adestramento do Cavalo: Escola de Leveza

 

A Conexão Equestre foi buscar na Europa e traz pela segunda vez na América Latina:

Escola da Leveza (Ecole de Légèreté de Philippe Karl // www.philippe-karl.com). Continuação para quem já iniciou na técnica e também para quem ainda não conhece.

Vagas Limitadas.

Obs: A partir da confirmação da inscrição os alunos tem acesso ao pré curso, material didático disponível online e contato com a Dra. Tamina.

Aluno Prático:
Três aulas práticas individuais com seu cavalo.
Três aulas teóricas.
Possibilidade de participar como ouvinte da outra clínica.

Aluno Ouvinte:
-Observar as aulas praticas.
-Participar das três aulas teóricas.

Objetivo:
Apresentar e passar os princípios da Escola da Leveza aos novos alunos e dar continuidade na formação dos alunos que já iniciaram ano passado.

Mediadores do Curso:
http://www.taminapinent.de/über-uns

Dr. Tamina Pinent

“Os meus pais são Brasileiros de Porto Alegre. Nascida na França, passei minha infância até os 15 anos alternando entre a Alemanha e o Brasil. Por fim fiquei na Alemanha. Foi em Porto Alegre que, sem saber, tive o meu primeiro contato com a equitação francesa. Meu professor Cor. Fernando Victora implantou a base que formou minha intuição de avaliar qual a forma de equitação seja razoável e respeitar os cavalos como seres sensíveis.

Atualmente sou professora licenciada da Ecole de Légèreté e aluna do mestre de equitação francês Philippe Karl. O meu outro professor e mentor é Ian Benson, cavaleiro da nova Zelândia, que tem como especialidade fazer de nós melhores seres humanos – pelo menos para os cavalos. Suas idéias mudaram principalmente a minha habilidade de domar e corrigir cavalos de donos problemáticos.

Além disso eu sou Ph.D em biologia e, entre outros, administro cursos de ciências equestres desde 2010 na Universidade de Kassel/Witzenhausen na Alemanha. Dou cursos, palestras, aulas e correções na Alemanha, no México e no Brasil. “

Conteúdo:
Princípios da escola da Leveza.

Filosofia:
A equitação clássica é a constante procura pela elegância. Soluções elegantes são inteligentes! Elas procuram sempre usar um mínimo de força para alcançar um máximo de expressão. Os ideais são atemporais, independentes de modas e desenvolvidas com o fim de serem sustentáveis. A prática equestre baseia-se em séculos de experiência e ao mesmo tempo em dados científicos modernos. Eles concordam surpreendentemente seguido!

O resultado é mais equilíbrio, maior cooperação, mais atenção e criatividade. Os princípios são os mesmos em toda arte: dança, artes marciais ou arte equestre. Respiração calma, precisão e força sem contração, sem desgaste. O adestramento clássico não tem como meta achar os indivíduos mais talentosos e prepará-los para competições.

A filosofia apresentada exclui o uso de meios coercivos e da força (como por exemplo qualquer tipo de rédeas auxiliares e focinheiras, assim como repetições desmoralizantes e ações grosseiras de rédeas ou esporas…) Por outro lado ela inclui explicitamente um interesse por todos os tipos de cavalo e disciplinas equestres.

A escola desenvolve a capacidade de cada um de melhorar-se cada vez mais em relação a si mesmo, tornando-se cada vez mais equilibrado, com maior expressão, mais autoestima e melhor capacidade física. Os cavaleiros e os cavalos devem tornar-se habilidosos, descontraídos, atentos e orgulhosos com o que entenderam e adquiriram.

Nós, como cavaleiros, assim como em qualquer outro relacionamento, podemos mudar, diretamente, só nós mesmos. Porém mudando o nosso comportamento e a nossa habilidade, produziremos um impacto no comportamento e na habilidade do cavalo.

A lida com cavalos é altamente complexa e por isso mesmo tão interessante – mas também cheia de artimanhas. Cavalos são cavalos – nós, humanos, conhecemos a nossa linguagem, mas nem sempre a dos cavalos. Nós temos claras idéias sobre o que queremos que os cavalos executem, mas raramente um conhecimento aprofundado sobre a constituição física; a própria e a do cavalo.

Através de emoções nós nos comunicamos com os cavalos em sua “língua materna”, porém temos a expectativa de que eles devam reagir à linguagem das ajudas, estas tem que ser primeiramente elaboradas juntamente com o cavalo. É a língua estrangeira que ambos tem que aprender para poderem comunicar-se em seus planos de treinamento e de vida.

É uma tarefa nobre manter as idéias clássicas vivas e permitir assim uma diversidade intelectual na equitação perante uma “equitação esportiva predatória” que acaba dominando todas as áreas hipológicas.

Para todos que queiram desenvolver o melhor e o mais belo de si e do cavalo à sua frente!

Próxima data a ser agendada em 2022

Inscrições

Sobre a Escola da leveza:
Philippe Karl, antigo équyer do Cadre Noir, adestrou e apresentou vários cavalos de raças diferentes, orientados a especialidades variadas até o nível mais alto, mas sempre fiel a uma equitação nobre, respeitando a natureza do cavalo.

Em 2004 ele criou a Ecole de Légèretéque tem como missão conservar e transmitir concepções clássicas com a qualidade técnica e ética baseada na tradição francesa e em
constante desenvolvimento, aceitando dados científicos.
A escola submete os conteúdos lecionados a uma constante verificação sob a luz de dados fundamentais de anatomia, de fisiologia, locomoção, equilíbrio, psicologia e do bom senso, para escapar aos caprichos da moda, à fatalidade redutora das especializações, aos “a priori de escola”, assim como à tirania dos dogmas em vigor.

“O conhecimento natural de um cavalo é um dos principais fundamentos da arte de montar e todo cavaleiro deve fazer deste o seu estudo principal. Sem esta teoria prática é sempre incerta.”

-PHILIPPE KARL-

Programação:

Sugestão:

Dia 1:
8h00 às 10h00 aula teórica sobre os princípios e ajudas.
10h20 início das aulas práticas até concluir todos os conjuntos, com finalização aproximada entre 18h00 e 19h00.
Intervalos para dois coffees e almoço.

Os demais dias:
8h00 início das aulas práticas, até concluir todos os conjuntos.
Mantendo os intervalo para dois coffees e almoço.

Obs.: As aulas práticas tem duração em média de 50/60 minutos por pessoa, com intervalos de 10 minutos entre elas.

Investimento:

Pagamento por boleto ou por depósito bancário ou em até 12X no pagseguro.

Preço por clínica (três dias):

-Aluno Prático: R$1.500,00

-Aluno Ouvinte: R$ 300,00

– Aluno montado que trouxer cavalo próprio: R$200,00 hospedagem do cavalo de quinta-feira à domingo.
(hospedagem em baia com serragem e tratador)
– Aluno montado alugando cavalo da Conexão Equestre: R$ 500,00.

Exames dos cavalos obrigatório e válidos :
– AIE.
– Mormo.
– Atestado de Sanidade e Vacinações.

Dados para emissão do GTA :
– CPF 269.663.088-70
– Produtor Kether Arruda Van Prehn
– Estabelecimento Conexão Equestre
– Código do Estabelecimento 35076051157
– Bragança Paulista SP

Acomodações:
Aos inscritos que desejarem hospedagem, sugerimos:
https://conexaoequestre.com.br/parceiros-servicos

“A convivência com todos foi leve e prazerosa e, para mim, muito especial por poder trabalhar Zeus e Veludo com a Tamina!!
Foi uma experiência incrível e felicidade intensa. Agradeço a todos da equipe pelo apoio e carinho com meus amores, a Tamina mais uma vez pelo carinho, alegria e paciência para passar os ensinamentos para uma pessoa inexperiente como eu, ao Kether por estar presente todos os momentos e trazer a escola da leveza para o Brasil, ao Milton por passar ensinamentos de equitação e multidisciplinar. Muito obrigada!!
Espero estarmos juntos sempre junto aos cavalos.”

....
Milene Greco

“Eu e meu cavalo Oxóssi somos muito gratos pela dedicação, apoio e carinho, que recebemos esses dias que passamos juntos aí. E sinto que ele está muito feliz nesse novo lar, e eu muito mais feliz por ver como ele está.
Muito obrigado a todos os envolvidos.”

....
Helder

“Realmente é incrível como a cada curso uma coisa vai se encaixando na outra e fluindo melhor. Também agradeço a paciência, disposição, conhecimento e didática da Tamina, que traz uma energia interminável nessa busca da leveza e do respeito ao cavalo. Agradeço também ao Kether e ao pessoal da Conexão Equestre por esses encontros serem possíveis.”

....
Patrícia Narvaes

"A vivência superou a expectativa, que já era enorme! Obrigada a todos!"

....
Denise Maldonado

Faço aulas de equitação desde 1985, mas nunca tive cavalo. As aulas eram feitas em hípicas e centros equestres e nunca gostei muito do jeito que professores, treinadores e tratadores lidavam com os cavalos, sempre com muita violência e brutalidade. Em fevereiro de 2018 fiz um curso de horsemanship e um novo mundo se abriu pra mim e me mostrou que, sim, há outras formas de tratar e de se relacionar com o cavalo entendendo seu comportamento e respeitando sua natureza. Isso me deu coragem para ter meu próprio cavalo.
A Escola da Leveza abriu ainda mais a minha cabeça, vi que tem muita coisa errada sendo feita com os cavalos e aprendi técnicas mais refinadas para aplicar as ajudas (mãos, pernas, assento, voz, corpo, etc), respeitando o cavalo e criando um vínculo mais harmonioso, equilibrado e prazeroso para os dois.
Agradeço imensamente ao Kether e à equipe da Conexão Equestre pela possibilidade de praticar mais e incorporar as técnicas da Escola da Leveza, e o Curso de Introdução permitiu isso na medida certa.

....
Patricia - aluna da Clínica

Gostaria de parabenizar o Kether pelo empenho de levar adiante a filosofia e as lições da escola da leveza, visando a mudança do foco da equitação para o bem estar do cavalo e, consequentemente, do cavaleiro também!
Sabemos como é difícil mudar uma linha de trabalho consolidada, o que ressalta a virtude da coragem de buscar sempre o melhor. A clínica foi ótima e nos mostrou que estamos no caminho certo!
Fico muito feliz de fazer parte deste grupo e farei de tudo para impulsionar esta filosofia!!
Parabéns a toda equipe da Conexão Equestre pela dedicação, apoio e carinho!! Beijos

....
Milene aluna da Leveza

Movimento é vida. A interação harmônica humano-equino segue tal postulado, promove o desenvolvimento físico, psíquico e social de pessoas. Nesse contexto, a Escola da Leveza ensina uma abordagem clara - a nós e aos cavalos - de como a interação harmônica acontece. A equoterapia agradece aos que trabalham para resgatar e divulgar a arte do natural, do simples, do
ser leve.

....
Felipe aluno da Clínica

Muito bom estar participando deste resgate que é a escola da leveza na relação homem/cavalo de um ponto de vista onde faz todo sentido para o cavalo!!!

....
Gerson aluno da Leveza (MT)

A Clinica Escola da Leveza agregou muito a minha experiência no universo da Equitação e na minha relação com os cavalos. Cada dia estou mais convencido que a pratica da Equitação transcende a dimensão do esporte, hobby ou da abordagem terapêutica. Trata-se de uma experiência de vida que fortalece a espiritualidade e o amor à natureza. Parabéns a equipe da Conexão, particularmente ao Kether e ao Milton pelo profissionalismo e pela dedicação à apaixonante vida equestre.

....
Ecio aluno da Clínica